A época de férias ainda demora alguns meses, mas é agora que os pacotes de viagem começam a ser analisados por quem quer conhecer um lugar especial assim que tiver tempo livre. A boa notícia é que todos podem viajar, basta organizar com antecedência e escolher um destino que encaixe no desejo e no bolso. Há viagens perfeitas para fazer em família, com amigos, amor ou até sozinho. E quem compra pacotes de viagens com alguma antecedência costuma conseguir preços vantajosos. A Expressão listou nove destinos nacionais especiais.

Cambará do Sul
Principal porta de entrada para os parques nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral, localizados na divisa de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Cambará do Sul é um deslumbre aos olhos. Nas duas reservas, as principais atrações são os grandiosos cânions, cujas muralhas atingem 900 metros de altura e chegam a sete quilômetros de extensão. Há cachoeiras, rios e florestas repletas de araucárias. O cartão-postal da região é o cânion de Itaimbezinho, em Aparados da Serra, com belos paredões de 720 metros de altura e seis quilômetros de extensão.

foto: reprodução internet

Chapada dos Veadeiros
É também conhecida como o Berço das Águas por suas nascentes de águas cristalinas. Fica numa região de cerrado, localizada no nordeste de Goiás e abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, considerado pela Unesco como patrimônio natural mundial. Sua área total é de 15.267 km², com cachoeiras, piscinas naturais, cânions, trilhas e grande variedade de fauna e flora. Destaque para as trilhas com diferentes níveis de dificuldade.

foto: reprodução internet

São Miguel das Missões
O Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo é um conjunto de ruínas da antiga redução de São Miguel Arcanjo, integrante dos chamados Sete Povos das Missões. As ruínas de São Miguel das Missões foram declaradas Patrimônio Mundial pelo Unesco, sendo uma construção edificada no século XVIII, entre 1735 e 1745. O lugar é visitado por turistas de todo mundo, especialmente da Argentina, Paraguai, Uruguai e países da Europa. No sítio está também o Museu das Missões, que guarda uma importante coleção de esculturas sacras dos Sete Povos, em sua maioria de madeira policromada.

foto: reprodução internet

Bento Gonçalves
Destino próximo do Vale do Caí, Bento Gonçalves permite alguns passeios belíssimos. Os Caminhos de Pedra e dos Vinhedos são dois deles. O Caminhos de Pedra é um projeto que resgata a herança dos imigrantes italianos. Trata-se de uma rota de cerca de 7 km que passa por antigas casas de pedra e madeira, com 15 pontos de visitação e 56 pontos de observação. Algumas das principais atrações são a Casa da Tecelagem e a Casa do Tomate. Já a rota Vale dos Vinhedos é famosa pelas visitas às vinícolas. São passeios para quem quer comer e beber bem, além de conhecer parte da história da formação do povo gaúcho.

foto: reprodução internet

Campeche
A ilha do Campeche, localizada na costa leste de Santa Catarina, tem um rico ecossistema. Formada por costões e morros recobertos de Mata Atlântica, possui uma única praia, esta de areia fina e clara. O mar tem coloração entre verde e turquesa e poucas ondas. Com mais de 100 petróglifos distribuídos em 10 sítios arqueológicos, nove estações líticas, monumentos rochosos e sítios de ocupação, a Ilha do Campeche foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 2000, como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional.

foto: reprodução internet

Praia do Rosa
A Praia do Rosa, localizada em Imbituba, ao sul de Florianópolis, é o principal destino turístico para a observação de baleias franca no país. E não é preciso fazer grandes investidas no mar. No Rosa, é possível ver baleias desde os chalés de algumas pousadas. Muito desejada no verão, a Praia do Rosa tem atrativos também fora de temporada. Entre maio e julho é o período da pesca artesanal da tainha. São realizadas festas gastronômicas onde o peixe é a estrela.

foto: reprodução internet

Guarda do Embaú
É uma praia localizada no município de Palhoça, também em Santa Catarina. A praia é longa, de areias claras e finas e o acesso é pelo Rio da Madre, nadando ou de canoa. O balneário está localizado no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e conta com menos de 500 moradores. São artesãos, pescadores e surfistas que gostam da vida pacata. O lugar, muito tranquilo e simples, é um pequeno vilarejo que conta com algumas pousadas, casas de aluguel e restaurantes. É possível comer bem e tomar uma cerveja à noite. No veraneio a calmaria acaba.

foto: reprodução internet

Fernando de Noronha
Localizado na mesorregião metropolitana do Recife, o arquipélago de ilhas é conhecido por ter as praias mais bonitas do Brasil. Vá com disposição para curtir a natureza local, seja em trilhas ecológicas, observar a fauna marinha e aproveitar passeios em embarcações. Além das belezas naturais, com águas claras que convidam para mergulhos, chama a atenção a vida noturna do local. Bares e espaços culturais são convidativos. Se a ideia é mergulhar, dê preferência para os meses de setembro e outubro, mas, se o objetivo é surfar, a melhor temporada é entre dezembro e fevereiro.

Cataratas do Iguaçu
Visitar as Cataratas do Iguaçu, no Paraná, é imergir na natureza de uma forma como nenhum outro local no Brasil permite. Uma simples caminhada em trilhas no meio da mata e a proximidade da imensidão das quedas d’água do Rio Iguaçu lhe prova a força que a natureza tem. Há possibilidade de conhecer as Cataratas do Iguaçu pelo lado brasileiro ou pelo lado argentino. São passeios separados, que proporcionam experiências com perspectivas diferentes.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta