viagem, pet, mundo pet, férias, fim de ano, gato
Crédito: Banco de imagens

Se você já está de malas prontas para passar os feriados de final de ano viajando ou já se organiza para as férias de verão, é bom decidir qual será o destino dos pets. Pensando em ajudá-lo a encontrar a melhor alternativa, fornecemos algumas dicas. É necessário avaliar o porte e a personalidade do animal, além de considerar a distância da viagem e as acomodações em que a família ficará.

Hotel:
Os hotéis para animais estão se popularizando. Eles resolvem o problema de quem não pode levar o pet junto na viagem, mas, também, não quer estranhos em sua casa nem delegar os cuidados à família. Mas vale tomar alguns cuidados. Primeiro pesquisar o local e procurar ter referências para garantir a segurança do seu mascote. É necessário também avaliar a personalidade do animal. Se ele for sociável, interagir bem com outros humanos e animais estranhos, além de não ligar muito para a troca de ambiente, essa é uma possibilidade. E mais um detalhe: se planeja deixar seu pet no hotel para animais, verifique o que o estabelecimento exige. Em geral, são as vacinas em dia e, é claro, que ele esteja saudável. Leve junto com o animalzinho os seus brinquedos favoritos, para ele se habituar com mais facilidade.

Deixar em casa:
Não fique triste, com aquela sensação de que está abandonando seu bichinho. Às vezes, essa é a melhor alternativa. Se houver alguém da sua confiança e familiar ao animal, é possível que ele se sinta melhor ficando em casa. Basta que esse “visitante” seja responsável o bastante para ir todos os dias dar comida e atenção ao animal. Essa é a melhor alternativa para cães arredios a mudanças de ambiente ou que não costumam sair de casa. Se o seu pet é um gato, essa provavelmente é a melhor opção. Em geral, eles são mais resistentes a alterações de rotina.

viagem, pet, mundo pet, férias, fim de ano, gato
Nem sempre compensa tirar os pets de casa. Os gatos, por exemplo, costumam estranhar ambientes novos. Crédito: Banco de imagens

Levar junto:
É possível. Mas exige cuidados. A primeira coisa é verificar se o destino – hotel, casa alugada ou de parentes – permite a chegada de morados de quatro patas. Além disso, avalie a forma de transporte. Vai viajar de ônibus ou avião, verifique as regras das empresas e os custos envolvidos. E se for de carro, garanta que o animal esteja seguro e confortável. As vacinas precisam estar todas em dia e, também, garanta que o bichinho tenha recebido o anti-pulgas e carrapatos. E durante a viagem, fique de olho no animal. Lembre-se que ele não está habituado e pode se perder ou estranhar as pessoas.

viagem, pet, mundo pet, férias, fim de ano, gato
Quer levar o seu cão para viajar? Programe-se bem para evitar transtornos. Crédito: Banco de imagens

Local pet friendly:
Quando planejar sua viagem e pesquisar parques e restaurantes que deseja visitar, também procure pelos chamados “pet friendly”. Os locais amigos dos animais são aqueles que os aceitam em seus ambientes. Assim, além de levar seu pet junto, você consegue passar momentos legais ao lado dele durante as férias. Cada local tem suas regras, por isso, informe-se bem.

Prepare a mala:
Se você tem a sua mala de viagem, por que o pet não teria? O dono do bichinho não pode esquecer-se da carteira de vacinação e do atestado fornecido pelo veterinário. Itens como bebedouro, comedouro, coberta e a cama do pet também devem seguir viagem, assim ele dormirá melhor adaptado. E não esqueça dos itens de alimentação e higiene.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta