Passear com o cãozinho de estimação é uma boa maneira de se distrair, tanto para o humano como para o pet. Além do lazer, é também uma forma de ambos se movimentarem, realizando uma atividade física divertida. E a criação de uma montenegrina tornou esse momento ainda mais agradável.

Recentemente lançado no mercado, a empresária Juliana Daudt Schönell criou um sapato de fácil colocação, que fixa bem nos pés do cachorro, com sola macia e impermeável. A ideia surgiu há cerca de um ano e, desde então, ela começou a estudar formas de colocá-la em prática, experimentando materiais e modelos até chegar a um produto confortável, que proteja o cão e de fácil colocação.

Cada vez mais os pets conquistam espaço na casa e na vida dos humanos. Imagine após um passeio ele chegar em casa com os pezinhos sujos e pular para o sofá ou para a cama? Com dois shihtzus em casa, Juliana conhece bem essa situação. Suas filhas costumam passear com os cãozinhos e, na volta, era preciso lavá-los, uma vez que compartilham a casa e os móveis – com a família de humanos.

Todo conectado por tiras fl exíveis, os novos sapatos fi cam seguros. O formato leva em consideração a forma do pé, o que o torna mais confortável. Juliana salienta que o material foi escolhido de forma que unisse conforto e proteção, lembrando que o uso de sapatinhos combate também doenças e infecções transmitidas por parasitas que podem ser encontrados durante os passeios.

No mercado existem vários tipos de sapatos, inclusive tênis para os cães. O diferencial do novo produto é a facilidade de colocar, a conexão entre os quatro sapatos que impede perdas, além do formato e do material utilizado. Considerando os modelos existentes no mercado, Juliana observa que é comum, enquanto se coloca em um pé, o cão já tirou do outro, assim como perdas durante o passeio. Ela afi rma que, com o novo produto, o pet nem percebe que está usando sapato.

Juliana mostra a praticidade de sua criação, fácil de colocar e com uso seguro ao animal

Juliana recomenda o uso dos sapatinhos somente durante o passeio, para fins de higiene e proteção do cão. “Após chegar a casa, o ideal é tirar. Usar apenas para ele voltar limpo”, afirma. Juliana acrescenta que os elásticos são reguláveis e que há modelos para cães de tamanhos variados.

Proprietária da Vida Pet, ela afirma que o produto está há pouco tempo no mercado, mas já registra boa procura. Sua criação será exposta no Mega Pet, promovido pelo Bourbon Wallig, nesta sexta-feira e sábado, em Porto Alegre.
O evento é ponto de encontro de quem ama animais de estimação, com decoração temática, creche para pets e espaço para mostra e comercialização de produtos.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta