Foto: @pet4ever_brasil

Os jogos da Copa do Mundo são mais um motivo para nos reunirmos com os amigos e a família. São dias em que saímos da rotina habitual para torcer e comemorar. Nestes momentos, nossos amigos peludos também não ficam de fora.

No entanto, buzinas, cornetas, fogos de artifício, petiscos e o constante entra e sai de gente podem ser prejudiciais a cães e gatos. Tudo isso pode deixá-los incomodados, agitados e estressados e causar outros problemas mais graves.

Proteja seu pet do excesso de barulho
Buzinas e fogos de artifício podem realmente ser prejudiciais aos pets. Isso porque eles ouvem os sons quatro vezes mais longe do que as pessoas. Os animais mais sensíveis correm o risco de sentir muito medo e com isso baterem em móveis, se cortarem ou, em alguns casos, se machucarem gravemente, o que pode causar até a morte. Para proteger os animais é recomendado colocar algodão nos ouvidos, deixá-los em um quatro fechado sem janelas e ligar uma televisão ou música em volume mais alto.

Petiscos podem causar intoxicação alimentar
Petiscos como pipoca, amendoim e outras guloseimas, que os humanos adoram comer durante os jogos, devem ficar bem longe dos cães e gatos. Esses alimentos são prejudiciais e podem causar intoxicação em grandes quantidades.

Agitação e mudança na rotina deixam os animais estressados
Durante os jogos da copa, pode ser que a rotina da família mude e o animal fique exposto a mais pessoas, conversas altas e barulhos. Para que o animal não se estresse, ele deve ficar em um local mais reservado e quieto.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta