Muitas pessoas não sabem, mas, assim como os humanos, os animais também podem sofrer com depressão. Ausência de apetite, crise ansiosa, com mordidas no rabo, são apenas alguns dos sintomas que podem indicar que algo não vai bem com seu pet.

E podem ser diferentes motivos que levam o animal a desenvolver depressão, como a morte de alguém da família. Importante é, ao avistar qualquer sintoma diferente, procurar ajuda de um médico veterinário.

Entre os tratamentos possíveis, estão os homeopáticos, como florais, mas não sem acompanhamento profissional. Em casos mais graves, outros medicamentos podem ser ministrados ao animal.

E para alegrar seu cachorro, que tal sair para passear? Ver movimento, socializar é muito importante para a saúde mental do seu cão. Dar atenção ao pet após um dia inteiro dele sozinho em casa também é fundamental. Brinquedos podem deixá-los distraídos e entretidos.

Quais as possíveis causas da depressão em cachorro?
-Morte de um membro da família
-Morte de outro animal que convivia com ele
-Não passear com frequência
-Mudança de ambiente. Se você morava em uma casa com quintal e agora precisou ir para um lugar menor ou apartamento
-Fica muito tempo em casa e sozinho
-Experiências traumáticas vividas na infância
-A chegada de novo animal ou um novo membro na família em casa
-Violência e maus tratos, especialmente em adestramentos
-Acidentes domésticos ou até mesmo atropelamento
-Ficar preso em espaço pequeno

Sintomas clínicos de depressão em cães
-Perda de apetite
-Mudança brusca de comportamento
-Intolerância ao carinho e toques
-Isolamento
-Desinteresse na maior parte do tempo
-Olhar tristonho
– Automutilação: morder extremidades como patas e rabo
-Lamber o nariz, se coçar ou bocejar com frequência

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta