foto: reprodução internet

Uma tendência pra lá de dinâmica e com baixo custo vem conquistando o mundo da moda e as combinações das ruas. A febre dos Patches veio com tudo e já arrecadou um legado de fãs. Entre celebridades, fashionistas ou meras mortais, assim como eu, diversas pessoas já aderiram à tendência. E estar por dentro da moda nunca foi tão fácil – e barato. Com apenas R$20,00 ou R$30,00 é possível repaginar aquela calça ou jaqueta jeans abandonada no seu armário.

O preço de cada Patche pode variar de acordo com a estampa ou tamanho. Em Montenegro, os mais baratos custam em torno de R$3,90. Para quem desconhece, Patches são emblemas bordados que podem ser colados com ferro quente ou costurados às roupas.

Sucesso nos anos 70, em 2016 eles ressurgiram nas passarelas em desfiles de grifes como Gucci e Dolce & Gabbana, e de lá para cá se popularizaram chegando às ruas.

Com temáticas ao gosto da freguesa (ou freguês), elas trazem um ar estiloso e charmoso às peças. Podem ser facilmente aplicados em calças, bolsas, saias, blusas, jaquetas ou shorts.

A distribuição na superfície também é muito particular. Há quem prefira aplicar em menos quantidade e quem opte por encher ainda mais de cor o look.

Customizando na prática
Se você se interessou e pretende customizar sua roupa, explicamos um pouquinho sobre como fazer na prática.

O primeiro passo é escolher a peça para colar os bordados. Após, basta adquirir os Patches em alguma loja de aviamento da cidade. Com o material e roupa em mãos, você só precisa de um ferro de passar roupas – já quente – e algum outro pano. Disponha o Patche conforme seu gosto sobre a superfície e em seguida coloque o pano por cima. Pronto! Agora é só passar o ferro até colá-lo. Dependendo do tamanho, o processo dura até um minuto. Fácil, não é mesmo?

Algumas pessoas, para garantir que o material não descolará, ainda optam por costurarem. Este que você vê ao lado foi feito numa camisa cropped antiga e foi apenas colado.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta