Foto: Reprodução GShow

Um sotaque carregado, a hospitalidade típica de Minas Gerais e um sorriso arrebatador: Paula, 28 anos, participante do BBB19, bacharel em Direito mora com os pais e três irmãos em uma casa num lote de terra na cidade de Lagoa Santa.

Paula se define como espontânea, mas confessa que teve dificuldade na hora de mostrar o seu diferencial no processo seletivo para o Big Brother Brasil: “Na hora de falar de mim, não sei falar direito. Procurar uma qualidade, sabe?”

Sérgio, pai da participante, acompanha o BBB e é o maior incentivador da filha: “Quando a seletiva estava em Belo Horizonte, eu falava para as meninas se inscreverem. Sou fã do programa! ”. O pai também destaca a cumplicidade com a filha: “Ela é muito amiga, mais de mim do que da mãe ”. Paula justifica o motivo: “Meu pai me protege! Minha mãe deu a Pippa, e quem foi buscar a Pippa de volta comigo? Meu pai! ”. E é nessa hora que conhecemos o maior xodó da vida da participante: Felippa, uma porca de 150 kg, seu animal de estimação.

Paula tinha um cachorrinho que morreu e Pippa foi o único filhote que sobreviveu de uma ninhada nascida no sítio de sua família. O amor por animais é uma das qualidades da participante: “Ela é apaixonada por bichos. A Pippa foi uma novela! Eu não queria de jeito nenhum. Criar um porco?!”, conta Adriana, mãe da mineira, que acabou cedendo ao desejo da filha. “Eu conheço todos os sons que ela faz. Quando ela escuta minha voz, é um som de felicidade. Todo mundo tem medo dela! Eu tenho medo dela sentir saudade, ela é muito apegada a mim. Tomara que ela não se esqueça da mãe”.

Paula diz que não tem sorte nos relacionamentos, já que sempre namora pela internet. A loira dos olhos verdes está solteira, mas a todo tempo fala do seu ‘rolo’ de dois anos com um rapaz de Belo Horizonte: “Eu o vi poucas vezes, mas foi o suficiente. Isso é bom porque quando o vejo parece que é a primeira vez. Sou muito trouxa, tenho que largar dele! ”, gargalha. “A gente se fala todo o dia, só saio por causa dele. Se eu sei que ele vai estar na festa, eu apareço de surpresa!”.

E apesar de garantir que é difícil beijar alguém já que está gostando do “rolo”, ela não descarta a possibilidade de um relacionamento na casa:

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta