Babados e plissados para o final de ano. Já que a opção genuína de muitas no Natal foi mesmo o vermelho, vamos ao branco e suas variações (do off White ao gelo, e isso é branco minha gente?) para a noite da virada, com variações de volumes.

Por que amamos Moda?
Porque a cantora Paula Fernandes deu uma renovada das boas e para melhor no visual, nos dizendo que tudo pode melhorar, com direito a aparição na Vogue e tudo mais.

Pense nisso:
“Eu quero muito fazer anúncio de fralda. Porque eu iria inspirar várias mulheres que poderiam ter partido para a adoção a se verem felizes como mães. O preconceito mais triste é você dizer para si mesma que não pode, que não tem mais idade.” Regina Casé em entrevista para a Revista Claudia de novembro.
Que tenhamos um 2018 cheio de renovação e esperanças!

Divino ou desastroso?
Para você, 2017 foi…

Personagens Eternos
Rita Lee
Inspiradora em letras e músicas, completa 70 anos na virada do ano e segue viva e cheia de graça fazendo um monte de gente feliz, como diz a canção “Saúde” (1981), uma de suas mais queridas composições. Já leu a autobiografia da Rita? Vale a pena.

 

O vestir e a cidade
Dos arquivos da Professora (sim, P maiúsculo) Loíde Schwambach,uma recordação da década de 1970, o espetáculo “Caixinha de Música”, para nos lembrar que para 2018 e sempre, a educação deve ser nossa grande prioridade, e que os nossos professores passem por melhores momentos.

Você tem alguma foto histórica sua ou de alguém especial vestindo algum traje de época? Vamos adorar publicar neste espaço! Envie para o nosso Facebook ou e-mail fernandaisse@gmail.com

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta